Sábado, 5 de Julho de 2008

Dia cinco, cinco meses, um deserto sem oásis

 

 

Faz hoje cinco meses que "escolheste" este dia para iniciares uma  viagem, e ao mesmo tempo saíres de palco com uma derradeira partida de carnaval. Foi de mau gosto sabias? Era dia de carnaval, era suposto não levar a mal? Levei.............................. Fiquei mais pobre, deixaste mais pobres todos que privavam contigo, levaste uma parte de mim contigo que nunca mais vou ter de volta, continuo a sentir a tua falta sabias? Partiste como um mercador parte para o oriente, à procura de novos mundos, aromas, sabores, sedas, culturas......................................com a diferença que não vale a pena esperar o teu regresso no cais..................nem em lugar algum. Fizeste uma viagem com sentido único, sem volta. Adorava dizer que sei que tinhas de fazer esta viagem, que vou estar a tua espera no teu regresso, que vamos por a conversa em dia, matar as saudades...............mas nada disto vai acontecer. Não se pode resgatar aos céus, o que aos céus pertence. Neste capitulo da minha vida deixaste um longo deserto, sem direito a oásis para descansar e recuperar forças. Se bem te conheço, deves estar super preocupada com o que ando a fazer da minha vida..................mas tenta entender..............foi uma escolha minha, tinha de lutar por quem amava, pela pessoa com quem queria partilhar uma vida e dar inicio a uma uma ou vidas. E tu como estas? Calculo que super atarefada como sempre, com mil e uma coisas para fazeres, a arrumares e limpares o teu cantinho , de volta dos tachos e panelas a fazeres um daqueles almoços como só tu sabias fazer.............. hoje é sábado deves ter a casa cheia e a mesa farta de iguarias únicas, deve estar um cheirinho no ar ...............hummmmmmmmmmm. Já fiquei com agua na boca, velhota. Imagino que durante o almoço vais chateares a cabeça de toda a gente para eu ter juízo, ate podes estar no sitio certo para pedires um milagre...........mas pede uma coisa mais simples, tipo despoluir os oceanos, acabar com a fome no mundo, reparar a camada de ozono.........não peças o impossível. Hoje como há cinco meses continuas a ser a melhor mãe do mundo e iras sempre continuar a ser, para mim serás sempre a melhor. Tenho saudades tuas sim, sinto e fazes-me uma falta terrível, sei que serei sempre o teu menino, mas não te preocupes comigo, já estou velho para mudar, lol. Se quiseres aproveitar o almoço para meteres uma cunha, mete essa cunha para uma pessoa especial e que anda perdida. Ilumina o caminho dela, para que eu siga o meu em paz. Já agora dá um beijo ao puto maravilha, diz-lhe que sinto falta dele..........................

 

Beijos linda, todos os beijos do mundo.

 

PS. Como este texto é sobre uma mãe espectacular alem de ser

em especial para a minha, é também para duas mães em particular

Para a mulher que sonhei em vir a ser mãe dos meus/nossos filhos

e para uma mãe, que basta falar com ela e já queremos ter filhotes.

Sinto-me: Com saudades
Estou com está musica na cabeça: The Fray: How To Save a Life
Publicado por c911 c911eutopias às 13:06
link do post | Comenta com ou sem utopias | Para cuscar comentários (8) | favorito

Eu, Utopias...

Cuscar neste blog

 

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Dentro da validade

Dia cinco, cinco meses, u...

Brandi Carlile - The Stor...

A procura de um rumo II

Porque há mulheres que no...

Escritos com teias de aranha

tags

todas as tags

Utopia gostou

prometo

Tantas formas de morrer.....

pantera....

bom dia!!!

duche nos teus braços

A estrela

Fábula do Leão e do Cisne

O Amor de Outra Mulher...

Como Encontrar o AMOR

Saudades

blogs SAPO

subscrever feeds