Sexta-feira, 15 de Maio de 2009

Um Post bastante diferente, vamos falar de Gays

Um visitante deste blog num comentário dum post sobre um suposto insulto a comunidade gay sugeriu que fizesse um Post como este, sinceramente não acho que tenha conhecimentos, nem opiniões formadas o suficiente para fazer um texto com a seriedade mínima que o tema merece, como tal o que vou escrever são meras opiniões sobre vários aspectos que me sugeriram abordar, e como tal valem o que valem, muito pouco ou nada uma vez que volto a dizer ser um tema que deve ser abordado com seriedade e com conhecimentos profundos,  de uma serie de envolvências que certamente serão sempre polémicas, mediante todos os ângulo em que forem abordadas.  

 

Antes de mais acho que os conflitos que podem existir entre a comunidade gay e os heterossexuais passa muito mais pelo estilo de vida gay, que a opção sexual de cada um " velhos do Restelo a parte " que a única coisa que sabem fazer é falar mal seja do que for. Conflitos porquê? Sinceramente não vejo os heterossexuais a fazerem paradas, desfiles ou demonstrar ao mundo que são heterossexuais............ O que duas pessoas fazem entre paredes, sejam dois homem, duas mulheres, ou um homem e uma mulher só diz respeito ao casal e mais ninguém tem nada a ver com isso, não vejo a necessidade de paradas e desfiles, para dizerem o mundo que têm uma orientação sexual diferente, Orgulho na diferença???? Mas que diferença? NÃO SOMOS TODOS PESSOAS ACIMA DE TUDO? É dormir com alguém do mesmo sexo que torna um ser humano diferente?????????? Não creio, se isto ainda choca ou incomoda muita gente? Certamente que sim. A mim pessoalmente saber que duas pessoas do mesmo sexo, são um casal não me aquece nem me arrefece, quero lá saber o que fazem dentro de quatro paredes, ou num sitio publico onde não esteja mais ninguém, não tenho nem ninguém devia ter nada a ver com isso, se concordo com duas pessoas do mesmo sexo a passearem de mão dada em publico ou a se beijarem, aqui não concordo, não que me tirem um bocado, ou que me choque, ou que tenha nojo simplesmente como não vou para um espaço nocturno predominantemente gay, beijar uma mulher (porque a meu ver seria quase uma provocação) também não concordo com beijos em publico, primeiro porque haverá sempre quem se sinta incomodado com a situação, e depois temos de ter em conta que inevitavelmente crianças vão ver, e nem sempre é fácil explicar uma situação destas a uma criança, não se deve agir de forma alguma de modo a criar numa criança aversão por uma pessoa gay, mas também não se deve dizer que é absolutamente normal dois homens ou duas mulheres se beijarem na boca, porque independentemente de ser uma orientação sexual que só diz respeito aos próprios, não foi propriamente para estas escolhas sexuais que o corpo humano evoluiu ao longo de milénios, quer se queira ou não o corpo de uma mulher complementa o do homem, e é graças ao sexo heterossexual que existem as crianças que os casais gay tanto anseiam poder adoptar, foi graças a este tipo de relações que originou a sua própria vida, e em ultima instancia é o que permite a raça humana existir ainda hoje.  

 

 

Sem os casais ditos normais há muito que a própria raça se tinha extinguido,  e voltando ao tema quente da adopção de crianças por casais gay, as mesmas não existiriam……………  

É um casal gay apto para educar uma criança? Certamente que sim, poderá um casal gay dar amor e carinho a uma criança,  certamente que sim, deve um casal gay poder adoptar crianças? Francamente fico dividido.... Recentemente li um artigo sobre um casal espanhol que depois de anos a tentar adoptar, lhes foi dada a possibilidade de adoptarem uma criança com uma grave doença/ deficiência e cuja esperança de vida era bastante limitada, concordo com a revolta destes potenciais pais, não pode haver cidadãos de primeira e de segunda, não se vai entregar uma criança a um casal gay porque mais ninguém a quer!!! São pessoas com possibilidades económicas foram para os EUA,   e recorreram a uma barriga de aluguer, hoje são ambos pais de plenos direitos após uma longa batalha legal, com o governo espanhol para serem reconhecidos como tal, ganharam mas todo o processo de fertilização e custos legais para serem reconhecidos aos olhos da lei custou perto de 150 mil euros............... Com isto estamos a criar o quê?  O privilégio de quem tem dinheiro poder contornar o que os menos abastados não podem? Estamos a criar cidadãos de primeira e de segunda quer se queira quer não........... E o dinheiro que este casal gastou para ter uma criança.......... Quantas crianças podiam ter salvo da fome ou da própria morte? É JUSTO, ou minimamente aceitável um funcionário público dum pais de leste ligado a adopção dizer numa entrevista que preferia ver centenas ou milhares de crianças que tinham para adoptar morrerem a fome do que entregar uma a um casal gay? Não, não é! Condeno este tipo de mentalidades. Então porque estou dividido?  Não tendo conhecimentos na matéria, tenho algumas duvidas de como será o desenvolvimento emocional e mesmo sexual da criança ao ser criado por um casal gay, tenho duvidas da aceitação destas crianças por os próprios colegas da escola, da discriminação que podem ser alvo no dia a dia............. mas é melhor milhares de crianças morrerem de fome ou de maus tratos porque ninguém as quer? Não, não é! Certamente que se perguntarem a uma criança, num orfanato se quer continuar ali, ou ter uns pais gay a resposta será maioritariamente que querem ter uma família. Um casal gay pode ser uma família tão boa como outra qualquer, posso estar dividido e ter as minhas duvidas em muitos campos, algumas delas apenas por a sociedade em geral não estar simplesmente preparada para aceitar isto, mas dizer que não de forma alguma,  isto não o posso dizer.

 

Uma família,  um casal, o amor entre 2 pessoas adultas ou destas para com uma criança não pode depender nem estar condicionado ao casal masculino/ feminino. Aceito e acredito que duas pessoas do mesmo sexo,  sejam uma família, se amem verdadeiramente, sejam felizes de verdade, que devem ter os mesmo direitos legais que um casal dito normal, que devem poder oficializar a sua união seja de uma forma legal que não devem ser excluídos socialmente somente por serem gay, que podem ser tão competentes no trabalho como qualquer outra pessoa, que são seres humanos de plenos direitos iguais aos heterossexuais.  

 

Não sou praticante da religião católica, embora me defina como católico, não apoio de forma alguma a posição da igreja em relação a excomunhão dos gay, nem a sua exclusão da igreja, a religião é a fé que esta dentro de cada um de nos, e não se deve excluir o direito de ser crente por uma opção sexual.  Penso que o facto de uma pessoa ser gay tem a ver simplesmente com uma escolha / orientação sexual, não acredito que seja uma doença de forma alguma, ou uma questão genetica mas não tenho conhecimentos para me alongar nesta matéria. Ainda pegando na questão religiosa, não veria com bons olhos um casamento religioso entre duas pessoas do mesmo sexo, aqui posso estar a parecer hipócrita, ou talvez a ser.......... Mas o casamento religioso foi feito para abençoar a união do homem e da mulher e das vidas que eles podem gerar, e uma tradição feita para a união do homem com a mulher, aqui seria abertamente contra uma união gay com esta celebração.

 

No social, já tive conhecidos gays, um amigo gay que morreu com sida, nunca ninguém me tirou pedaço algum, fui ao Frágil algumas vezes nos anos noventa numa altura em que era um ponto de reunião de gays, nunca me tiraram nada, nem ouve qualquer tipo de reacção negativa por estar acompanhado de mulheres e ter um comportamento nitidamente heterossexual, fui algumas vezes ao Benzina, ao fim das noites aqui o ambiente já era um pouco diferente, em certos sítios da casa e a partir de uma certa hora um heterossexual não era visto com muito bons olhos, ou era assediado,  mas nunca tive problemas ao ponto de me chatear, mas não sendo um ambiente que me agradava deixei de ir, acho que é tudo uma questão de bom senso. Poderá ser mais difícil travar amizade com um gay é verdade admito, mas este facto não é uma barreira intransponível, da mesma forma que ter um colega de trabalho gay, ou um vizinho no prédio seria uma coisa perfeitamente normal, desde que as pessoas saibam estar, não estejam sempre a expor que são gays, a terem comportamentos exuberantes, ou com os chamados tiques afeminados não vejo qualquer problema. Agora se forem aquele tipo de pessoas que estão sempre a chamar a atenção sobre si, e para o facto de serem gay, com tiques e a dar espectáculo,  assim não me agradava ter colegas de trabalho ou amigos.

 

Termino como comecei, acima de tudo existem muito mais atritos entre heterossexuais e gay por uma questão de estilo de vida do que por uma escolha sexual. Não quero saber o que acontece entre duas pessoas na sua intimidade, mas não acho muita piada a certos comportamentos em publico, da mesma forma que existem alguns que é inevitável comentar de imediato, são gays e rir, por uma postura ou maneira de vestir.

 

Este post foi único e diferente do que por aqui se escreve, foi feito mais como um desafio a mim próprio....... Não por encomenda ou para tirar teimas, foi honesto qb e  tem a validade que pode ter a opinião de uma pessoa.

 

PS. Não existem anedotas sobre heterossexuais em que as praticas sexuais dos mesmo sejam parodiadas? ISTO SERIA MOTIVO PARA OS HETEROSSEXUAIS SE ACHAREM OFENDIDOS??? Foi só um pensamento de ultima hora…………..

 

 

Sinto-me:
Estou com está musica na cabeça: MISTER GAY
Publicado por c911 c911eutopias às 15:03
link do post | Comenta com ou sem utopias | favorito
6 comentários:
De Bichana a 18 de Maio de 2009 às 11:05
Eh lá! Novo look?? Agora até fico com medo de entrar aqui lolol
Com sono às 15h00???
Bjnhos
De c911eutopias a 18 de Maio de 2009 às 17:16
Não tenha medo........... as meninas boazinhas vão para o céu , as outras vão para lugares bem mais interessantes. Quer boleia?
De Bichana a 18 de Maio de 2009 às 18:10
Não aceito boleia de desconhecidos, obrigada
De c911eutopias a 18 de Maio de 2009 às 18:21
Mas eu não sou um desconhecido... eu sou aquele que transforma as meninas candidatas a anjinhas em pecadoras felizes
De Bichana a 18 de Maio de 2009 às 18:33
Está bem abelha, já me tinhas dito...
De c911eutopias a 18 de Maio de 2009 às 22:57
Já???? Não me lembro deve estar a fazer confusão...... alem de mais hoje esta um pouco confundida, de abelha tenho muito pouco......... só o ferrão.

Diz a tua realidade ou utopia

Eu, Utopias...

Cuscar neste blog

 

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Dentro da validade

Podem repetir se faz favo...

Troca tintas

Carro de Loura

Suspeito muito suspeito

Nada como um bom Hobby

Erro salarial

QUALQUER SEMELHANÇA, NÃO ...

AC / DC

A fome é negra

Portugal no seu melhor

Escritos com teias de aranha

tags

todas as tags

Utopia gostou

prometo

Tantas formas de morrer.....

pantera....

bom dia!!!

duche nos teus braços

A estrela

Fábula do Leão e do Cisne

O Amor de Outra Mulher...

Como Encontrar o AMOR

Saudades

A quantas ando?

Quantos estão a cuscar agora?

online

histates

Quantos são? Quantos são?

Advogados RJ
Advogados RJ
blogs SAPO

subscrever feeds