Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008

Hoje mais do que nunca senti a tua falta.............

Temos de falar velhota.............hoje preciso de ti porque preciso, preciso, preciso, preciso, preciso, preciso, preciso, preciso, mesmo fazes-me falta, tenho saudades, preciso do teu apoio, concelhos, quero que me digas que não te estou a desiludir, que estou a seguir os caminhos certos................e que se forem errados me vais orientar! Enquanto homem há muita gente que me conhece melhor que tu, mas só uma mulher soube quem eu era realmente mas como pessoa ninguém me conhece melhor...........................as vezes penso que me conheces melhor que eu próprio. Quando o meu casamento entrou em colapso foste a primeira a desconfiar, neguei categoricamente um gaijo nega sempre mas sei que não te convenci nem sei porque não o consegui fazer, naquela altura ainda lutava comigo próprio para não me envolver com quem de facto amava, com a duvida de ainda dar mais uma oportunidade a quem me aturava há cinco anos, com o receio de vir a amar como nunca tinha amado, algo ou alguém........................Tinha todas as razões do mundo para ter-te convencido, mas a tua pergunta foi fulminante:

P Olha lá só contas se quiseres.......... Tu andas com mais alguém?  

R Apenas me ri.

P Desculpa ter perguntado não tenho nada a ver com isso..........

R Onde foste buscar essa ideia?

R Estas com aquele ter ar de sacana...........

R Eu................?

R Sim tu.................

P Porque dizes isso?

R Ate os teus olhos brilham..................... 

R Não podes estar mais enganada..................risos

R Filho nunca te esqueças, andaste cá dentro nove meses antes de nasceres...........

R Rime o almoço todo.......................

Assim não há condições um gaijo ser apanhado já é mau.......................... Mas pela mãe? Velhota tinhas 73 anos, achas que eram conversas para a tua idade? Claro que eram, mesmo com metade da tua idade era sempre o teu menino.

Lembrei-me desta conversa hoje a tarde em tua casa......................... Mais uma vez horas a fio a olhar para as paredes e tirar as coisas nada. Calculo que não deves achar muita graça ao pandemónio que lá reina...............pensei que seria capaz de retirar o que queria para mim ate ao final do mes e dar o resto, achei que seria mais fácil fazer tudo rapidamente para não ter de ir vezes sem conta a tua casa, e não te encontrar....mas acabo sempre sentado no sofá da sala a pensar em tudo e em nada. Deixo o tempo passar entre o fumo de um e outro cigarro, hoje não foi diferente. Fiquei boa parte do tempo no sofá, sem coragem de ensacar nada sei que não vou entregar a casa este mes,  agora já me falta tempo e coragem para o fazer, ainda vai ser a tua casa mais um mes.  

Hoje sei que estavas lá, tenho a certeza que foste tu que me fez pensar naquela pessoa....................foste tu que me disseste que ela não estava bem. Senti um mau estar em mim, quando pensei nela.  Pensei e repensei.................. Mandei uma sms: Como estás? Não tive resposta.................. Mandei outra precisava de falar com ela.................. Recebi a respostas, não estava mesmo bem.  Mandei outra: Podes falar? Respondestes que sim. Liguei, falamos do problema dela, do marido, dos filhos,  pediu-me uma opinião profissional e quis saber como estava, respondi....................quis saber como estava a nível pessoal desviei a conversa.............. Riu-se disse que devia abrir as portas a alguém, que achava que a pessoa em questão aparentemente tinha tudo para me fazer feliz.............................. Brinquei com o assunto, perguntei qual delas? Eram tantas...........respondeu que era só uma e ambos sabíamos qual era.............. Despedi-me, com um beijo e desejei-lhe  as melhoras. Fiquei mais um bocado no sofá, pensei e repensei ou algo ou alguém me fez pensar ...........................Peguei no tm e mandei mais uma sms: que sim, que tinha aberto uma porta disse o que pensava dessa porta e de quem estava por trás dela.......................

Mera coincidência ter sido naquela mesma sala que á um ano atrás alguém me alertou que estava a gostar da destinatária da sms e hoje ter sido precisamente ali que senti a necessidade de lhe dizer que tinha aberto uma nova porta.......................?????????????

Não sei............................. Mas senti que tranquei a porta que já estava fechada em paz, sem mágoas, não vou odiar, nem querer mal ao que ficou do outro lado da porta.  Apenas que ainda voltes a ser feliz  a amar e a ser amada.

Já entendeste agora velhota porque preciso de ti?  Tenho quase a certeza que foste tu me guiaste para fechar a porta e ficar em paz .......................................PRECISO, PORQUE PRECISO que me ajudes com o que está agora a vir desta nova porta. Sei que de alguma maneira o vais fazer...............................eu estou a espera porque PRECISO.

Para ti velhota todos os beijos do mundo são poucos, tenho saudades tuas sabias........................dos nossos almoços, conversas, do teu comer, de ti, de ligar para ti quando tenho duvidas ao fazer o jantar, de estar contigo, de o tm tocar com o teu nome no visor, dos teus beijos.....................Fica bem e diz qualquer coisa sim.

Para quem ficou atrás da porta, boa sorte tudo de bom fadinha........  

Para o que esta a vir da nova porta, vou tentar dar o meu melhor................tentar mesmo a sério sem reservas...............para que seja bom para os dois ................. 

 

 

Sinto-me:
Estou com está musica na cabeça: A TUA VOZ, VELHOTA
Publicado por c911 c911eutopias às 23:17
link do post | Comenta com ou sem utopias | favorito
14 comentários:
De Fadinha a 28 de Fevereiro de 2008 às 01:48
Obrigada. Vai correr tudo bem. Tu mereces.

Beijo
De c911eutopias a 28 de Fevereiro de 2008 às 19:09
Insónias fadinha.................. desculpa não resisti. Tudo de bom mesmo. e obrigado pela visita e comentário . Fiquei surpreendido .....não sabia que no reino da fantasia o meu modesto blog tinha leitoras tão assíduas .
De Mia a 28 de Fevereiro de 2008 às 12:58
um dia quando partir, gostava de ser assim recordada pelos meus filhos. Gostava saber que era um apoio, um porto de abrigo, que tinha atingido o meu objectivo: ser boa mãe! Estou desconfiada que uma mãe que ame os flhos nunca os deixa... mesmo longe os protegerá. Por muitas voltas que a vida dê, e decisões que tenhas que tomar, não vais estar sozinho... a tua "velhota" irá sempre zelar por ti, alias, Tu serás sempre o menino dela! Não desamines.
Uma bjokinha
De c911eutopias a 28 de Fevereiro de 2008 às 19:02
Tenho a certeza que serás Mia, e se um dia os teus meninos lerem o blog, vão ter muito orgulho na mãe fantastica que o escreveu. Quero acreditar que sim, que estará de alguma maneira ao meu lado ............. no meu pensamento está . bjs
De Bruxinha a 28 de Fevereiro de 2008 às 14:31
Pensei e repensei..e fiquei novamente sem palavras...Para quem fica por detras da porta, ainda não conhecendo, desejo sorte...Para ti que abres uma nova porta desejo do fundo do coração que saibas o que queres...Para quem te está a abrir a porta desejo que finalmente seja feliz...
De c911eutopias a 28 de Fevereiro de 2008 às 18:52
Obrigado pela visita e pelo comentário .
De Bichana a 28 de Fevereiro de 2008 às 15:02
Um post maravilhoso... Às vezes apetece deitar a cabeça no colinho da nossa mãe, não é? Mesmo que em silêncio... E como eu precisava dele agora, mal ela imagina. É aquele colinho doce que tudo parece curar.
Lamento que já não tenhas a tua velhota, mas ela terá orgulho no teu amor por ela, com certeza.
Um abraço amigo.
De c911eutopias a 28 de Fevereiro de 2008 às 19:32
Por mais idade que tenhamos, nunca somos velhos para querer colinho da mama. Mãe é aquela pessoa que por mais asneiras que a gente faça ................vai ser gostar de nos. A minha quando tinha de dar-me na cabeça dava, mas era aquela pessoa que podia contar sempre............ Tenho a certeza que a tua mãe vai adorar voltar a dar-te colinho.............aceita miúda .
De Bichana a 29 de Fevereiro de 2008 às 10:07
Eu aceitaria de bom grado, mas ela não está disponível para me dar colinho... Os papéis estão invertidos, sou eu quem lhe dá.
Bjnhos
De c911eutopias a 29 de Fevereiro de 2008 às 21:42
Pelo que entendi tens a mama doente ou com algum problema grave.............. da todo o apoio que poderes, um dia vais achar que foi sempre pouco. bjs
De Bichana a 5 de Março de 2008 às 18:35
Sim, entendeste bem... ela sofre de uma depressão crónica há 25 anos... E sem dúvida que lhe dou todo o apoio que posso.
De c911eutopias a 5 de Março de 2008 às 19:24
Lamento miuda.
De Infiel a 29 de Fevereiro de 2008 às 01:48
depois de te persseguir por "abusares" das criancinhas, encontrei uns cornudos que pensavam que tinham asas e tive de lhes dar o teu dicionario... assim onde aterrassem poderiam pedir auxilio!!
fizeste-me recordar o colinho da minha mãe, as mães têm um dom especial, mesmo quando não as podemos tocar!

- Então andam por aí umas Gaijas a querer o lugar da tua Gaija?? hehee

Joquinhas de boa noite
De c911eutopias a 29 de Fevereiro de 2008 às 21:49
Parece que sim...........mas a gaija tem o lugar seguro....... bjs

Diz a tua realidade ou utopia

Eu, Utopias...

Cuscar neste blog

 

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Dentro da validade

Podem repetir se faz favo...

Troca tintas

Carro de Loura

Suspeito muito suspeito

Nada como um bom Hobby

Erro salarial

QUALQUER SEMELHANÇA, NÃO ...

AC / DC

A fome é negra

Portugal no seu melhor

Escritos com teias de aranha

tags

todas as tags

Utopia gostou

prometo

Tantas formas de morrer.....

pantera....

bom dia!!!

duche nos teus braços

A estrela

Fábula do Leão e do Cisne

O Amor de Outra Mulher...

Como Encontrar o AMOR

Saudades

blogs SAPO

subscrever feeds