Sexta-feira, 27 de Junho de 2008

A procura de um rumo, parte V

 

 

 

 

Deixar correr as palavras

 

Quero mas não sei o quê, apenas sei que quero

Quero a liberdade do meu ser, e a prisão de amar

Quero sentir a paz dum momento  de solidão, 

ser invisível no meio da multidão, e saberes que estou aqui

Quero o sol a queimar a minha pele,

e o cheiro de terra molhada pela chuva

Quero abraçar a vida, e que me roubes o ultimo sopro com um beijo

Quero o olhar cheio de nada, e ver o universo num segundo

Quero a ciência exacta dum matemático, e as incertezas dum apaixonado

Quero ser eu, ser toda a gente e não ser ninguém

Quero que sejas o meu fantasma, e a minha rainha

Quero a calma de uma tarde de verão, e a fúria duma tempestade

Quero me prender dentro de ti, e ser do mundo

Quero ser um barco sem vela, sem rumo ou destino, e ser o homem do leme

Quero ser o tempo que já passou, e ser o hoje e o amanha

Quero amar te loucamente, e não sentir nada por ti

Quero viajar pelos perfumes dos oceanos, pelas tuas palavras,

com os teus olhos, e esquecer todos os cheiros, sons ou olhares

Quero que sejas a minha realidade, e apenas um sonho distante na mente

Quero fazer amor, e apenas sentir o prazer do sexo

Quero estar longe, e do longe fazer perto

Quero o vazio assumido, e o calor que me enche de vida

Quero que me agarres, me prendas a força e me soltes para ser livre

Quero dizer te tudo, e não quero dizer nada

Quero que sejas a minha louca fantasia, e o meu momento de calma

Quero que pintes a noite de magia, e só viver o dia

Quero dançar um tango pintado pelo luar, e que a noite seja já dia

Quero tudo e não quero nada, quero te e não te quero, apenas sei que quero.......

 

 

 

 

Sinto-me: A querer tudo
Estou com está musica na cabeça: Pink floyd : Time
Publicado por c911 c911eutopias às 21:58
link do post | Comenta com ou sem utopias | favorito
|
14 comentários:
De Mia a 27 de Junho de 2008 às 23:50
eu costumo dizer que " não sei o quero, mas sei exactamente aquilo k não quero!"... para mim esta máxima funciona com os códigos postais: "meio caminho andado!"
bjokinhas
De c911eutopias a 30 de Junho de 2008 às 13:43
Saber o que não queremos é de facto meio caminho andado..............se calhar levei tanto tempo a ver isto, porque como troquei as cartas pelos telefonemas, não entendo nada do código postal. bjs
De reticencia a 28 de Junho de 2008 às 10:38
gajo ao ler-te lembrei-me do poema do nosso Camões, "amor é fogo que arde sem se ver", a dor que desatina sem doer. Estou a achar este novo tobias muito inspiradinho, o que andar sem rumo faz a um gajo, quase que o torna sensível... humano... quase gaja!
"Quero amar te loucamente, e não sentir nada por ti", ach o que isto é o que todos queremos, e tu conseguiste dizÊ-lo. Parabens!
Bjos
De c911eutopias a 30 de Junho de 2008 às 13:40
" Estou a achar este novo tobias muito inspiradinho , o que andar sem rumo faz a um gajo, quase que o torna sensível... humano... quase gaja!" Volta a fazer um comentário destes..................e vais ver o tobias sem sensibilidade nenhuma. Sem direito a bjs
De reticencia a 30 de Junho de 2008 às 16:01
hihihihihihi... pronto eu não falo mais do teu lado feminino. Que coisa, porque raio os homens ficam tão melindrados com estas coisas?!
Agora lá vou eu para a lista negra ...
De c911eutopias a 30 de Junho de 2008 às 22:14
A continuares assim.............vais é para a lista das estatísticas de uma funerária qualquer.
De Terra dos sonhos a 28 de Junho de 2008 às 17:38
Mas afinal o que se passou enquanto estive de ferias? Amanhã quero saber as novidades todinnnnnnnnnnnhas . Que tal começares a compilar os poemas por aqui escritos, e pensares publica-los de outra forma?
De c911eutopias a 30 de Junho de 2008 às 13:35
Maninha linda, já te disseram que estas a ficar uma cusca de primeira? bjs
De tontices a 28 de Junho de 2008 às 23:25
Também eu queria! Oh como eu queria. Este poema esta lindissimo. Costumo ler , hoje não resisti a comentar, desculpe a invasão.
Beijinhos
De c911eutopias a 30 de Junho de 2008 às 13:33
Olá Tontices, então bem vinda as Utopias na qualidades de comentadora. Obrigado pela visita e pelo comentário . bjs
De Bichana a 29 de Junho de 2008 às 11:34
As dicotomias que aqui descreves estão absolutamente fabulosas!...
Parabéns pelo post, a tua veia poética está ao rubro, escreves mesmo muito bem, quer prosa quer poesia. Nota 20!
Bjnhos.
De c911eutopias a 30 de Junho de 2008 às 10:44
Ok.......... se o teu objectivo era eu babar-me..................... foi plenamente atingido. Olha para mim.... Este post já foi publicado cronologicamente fora de horas, e estive mesmo para não o publicar. Espero que não.........mas acabei por publica-lo , porque no futuro me pode fazer falta ler o que aqui escrevi. bjs
De Raio de sol a 29 de Junho de 2008 às 12:44
Olá, descobri o teu blog esta noite e acabei por o ler desde o inicio. Parabéns , escrita envolvente sensibilidade sedução e sensualidade na medida exacta. Um gosto por amar ao alcance de poucos, um mundo que apela à descoberta. Beijocas

De c911eutopias a 30 de Junho de 2008 às 13:07
Olá, raio de sol. Obrigado pela visita e pelo comentário , e já agora por teres tido a paciência de leres o blog. As insónias fazem coisas muito estragas ao ser humano, lol . Bjs

Diz a tua realidade ou utopia

Eu, Utopias...

Cuscar neste blog

 

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Dentro da validade

Podem repetir se faz favo...

Troca tintas

Carro de Loura

Suspeito muito suspeito

Nada como um bom Hobby

Erro salarial

QUALQUER SEMELHANÇA, NÃO ...

AC / DC

A fome é negra

Portugal no seu melhor

Escritos com teias de aranha

tags

todas as tags

Utopia gostou

prometo

Tantas formas de morrer.....

pantera....

bom dia!!!

duche nos teus braços

A estrela

Fábula do Leão e do Cisne

O Amor de Outra Mulher...

Como Encontrar o AMOR

Saudades

A quantas ando?

Quantos estão a cuscar agora?

online

histates

Quantos são? Quantos são?

Advogados RJ
Advogados RJ
blogs SAPO

subscrever feeds