Sexta-feira, 11 de Abril de 2008

Poema das mil palavras

 

 

 

 

Fui convocado!

Fui escolhido pela minha amiga http://reticenciasdaalma.blogs.sapo.pt/  para dar continuidade ao poema das mil palavras. Uma obra sem final há vista, escrita por tantos e que a mim compete rabiscar a pagina de hoje. Não sei se serei um digno sucessor das palavras já escritas...............................mas se não for a culpa é da reticencias que me meteu neste sarilho!!! Desde já os meus parabéns pelo bonito poema que já construiram a partir da ideia original de José Rios.

(Para conhecerem as regras e objectivos do poema consultem)

 

Aqui vão somente umas palavras soltas

No meio de um sublime devaneio do momento

Uma paixão.... um amor levado ao vento

O prazer de escrever... exprimir o que alimentas.

 

E a sexy hot continuou... 

 

Porém, não pronuncies palavras em vão

Palavras que se perdem

No meio da nossa ilusão

Palavras duras que não cedem


A menina maaf continuou...

 

Palavras que nos unem e criam amizades,

 não estamos sós, somos uma multidão.

criamos um mundo próprio e tão nosso...

todos vocês têm lugar no meu coração...

 

A Miss Bradshaw, continuou....

 

E o coraçao ,esse,bate leve levemente

Por vezes forte outras demente

Que se perde pelo sofrimento da gente

Que nao cede nem ás palavras nem á paixao....

 

Et mon ami L'etranger à continué...

 

...que se respira entre o teu corpo e o meu

alimentáda pelo desejo que em mim sustenho

na ânsia de o libertar, num grito mudo e veloz

que só a ponta dos dedos o poderá ouvir

 

E a Donzela acrescentou...

 

Quem dera ser uma carta de amor

para que tentasses ler

nas entrelinhas do meu corpo só e somente

a verdadeira essência do meu ser

 

E a Complicadinha ofereceu...


Talvez assim ente

 o desespero desta 

que só a tua presença acalma

 pois sem ti o mundo pára, ameaçando ruir...

 

A Coisas do Coração disse


Nesta noite encarvoada

Grito ao vento quero ser tua!

E no despontar da madrugada

ofereço-te a minha alma nua  


A Jianna diz

 

O dia acorda, deixa-o acordar

A noite passa a ser recordação

Esquece as palavras, fala com o olhar

Ouve as batidas do meu novo coração

 

A Bichana continuou

 

Que estava destroçado até ter levantado a cabeça

Percorri-te com o olhar sedento de amor e vi

Em cada parte do teu corpo

O desejo, a paixão.

Senti-me entrar em erupção!


Um dos de mim, deixou...


Incandescente, como estas palavras,

Que tão somente querem unir Almas...

Seja em desejo ou ódio, dor ou paixão, é amor

O que fica no sorriso, deste poema com mil cores.

http://reticenciasdaalma.blogs.sapo.pt/  , ...

São as cores que a tua alma e o teu sorriso emanam,

a dor e o cansaço que na minha acolhem,

são os teus sorrisos o calor do meu sol, as asas da cegonha,

que no calor da tarde ao ninho recolhe.

http://c911eutopias.blogs.sapo.pt/ rabiscou...

 

 

És tu que preenches os meus sonhos daltónicos , com paletas de cor

É contigo que falo com o olhar, no mais profundo silencio

numa linguagem que só duas almas em perfeita comunhão entendem

É em ti que me quero perder, apenas para me encontrar .....

 

 

 

 

Dou a palavra e a caneta à minha amiga http://riscos_e_rabiscos.blogs.sapo.pt/

para a dar continuidade a este belo poema das mil palavras!

Sinto-me:
Estou com está musica na cabeça: Led Zeppelin : Stairway to heaven
Publicado por c911 c911eutopias às 13:57
link do post | Comenta com ou sem utopias | favorito
|
7 comentários:
De reticência a 11 de Abril de 2008 às 15:32
Claro que ficou lindo, já estava à espera dessa inspiração da tua parte. E muito bem reencaminhado também!
Bjo
De c911eutopias a 11 de Abril de 2008 às 16:52
obrigado gaija. bjs
De Bichana a 11 de Abril de 2008 às 16:18
Ui! Está magnífico... tenho amigos tão poéticos e inspiradores.
"sonhos daltónicos" (um must!)
Bjnhos
De c911eutopias a 11 de Abril de 2008 às 16:50
Obrigado............... mas palavras valem o que valem........... já os sonhos quando deixam de ser daltónicos e ficam coloridos.... bj
De Miss Pepper a 11 de Abril de 2008 às 19:46
Amigo, tu tens consciência da responsabilidade que me passaste? Glup! Eu até acho que não tenho jeiteira nenhuma para estas coisas... vamos lá ver como me saio... hummmm!

Xinhus!
De c911eutopias a 15 de Abril de 2008 às 17:41
Por aquilo que escreveste ............... a menina teve nota 20. bj
De Miss Pepper a 15 de Abril de 2008 às 18:35
Obrigada, sinhor perufessor! loooool!

Xinhus!

Diz a tua realidade ou utopia

Eu, Utopias...

Cuscar neste blog

 

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Dentro da validade

Podem repetir se faz favo...

Troca tintas

Carro de Loura

Suspeito muito suspeito

Nada como um bom Hobby

Erro salarial

QUALQUER SEMELHANÇA, NÃO ...

AC / DC

A fome é negra

Portugal no seu melhor

Escritos com teias de aranha

tags

todas as tags

Utopia gostou

prometo

Tantas formas de morrer.....

pantera....

bom dia!!!

duche nos teus braços

A estrela

Fábula do Leão e do Cisne

O Amor de Outra Mulher...

Como Encontrar o AMOR

Saudades

A quantas ando?

Quantos estão a cuscar agora?

online

histates

Quantos são? Quantos são?

Advogados RJ
Advogados RJ
blogs SAPO

subscrever feeds